Uso de Câmera Corporal nas Polícias Militares em São Paulo e Santa Catarina reduz a violência

Uma redução significativa do emprego da violência corporal por parte da força policial após a adoção de microcâmeras implantadas nas fardas dos policiais foi constatada em Santa Catarina e São Paulo.

Segundo um estudo realizado por duas Universidades do Reino Unido em parceria com a PUC do Rio de Janeiro revelou uma redução de 61,2%, conforme divulgado pelo portal CNN.

O estudo foi realizado em cinco cidades do Estado de Santa Catarina em que o equipamento já está sendo utilizado. As câmeras são controladas a distância e não podem ser desligadas.

As microcâmeras têm se mostrado um importante mecanismo de proteção do próprio agente policial pois as imagens são utilizadas como prova de crimes como o de violência doméstica, por exemplo.

Após a implantação das câmeras nas fardas dos policiais, imagens captadas de violência doméstica por meio dos coletes serviram como prova contra os agressores.

O referido estudo revelou a redução da violência policial e melhora na interação com o cidadão nos seguintes aspectos:

  • Emprego de violência corporal;
  • Armas não letais;
  • Algemas;
  • Prisões.

A pesquisa entendeu como uso da força as interações físicas, letais ou não letais, além de prisões e uso de algemas.

Além disso, um indicador importante recebeu o nome de “interação negativa”, e se refere a registros de casos em que o cidadão desobedeceu ou desacatou o policial.

O uso da tecnologia está sendo debatido em outros Estados, e em algumas localidades como no Rio de Janeiro, já foi aprovado, porém ainda falta a realização do processo de licitação para compra das microcâmeras.

Conclusão

O impacto dessa pesquisa é extremamente relevante para a sociedade, evitando distorção dos fatos e servindo como importante meio de prova.

Este estudo é inédito no Brasil e na América Latina, sendo que os países pioneiros nessa linha de atuação são os Estados Unidos e o Reino Unido.

No Brasil nesse primeiro momento, os resultados têm sido positivos para o cidadão e para a atividade policial, uma vez que as microcâmeras são um instrumento importante para coibir a violência policial.

Continue acompanhando nossos artigos e fique por dentro do que acontece de mais importante no mundo jurídico no Brasil.

O que você achou desse artigo? Acesse o nosso blog! Comente!

D. Ribeiro é Advogado Criminal na Capital – SP – Brasil, e possui um canal no you tube  também chamado Notícias do Ribeiro, para falar direto comigo basta clicar aqui 👉 https://wa.me/5511954771873

Categorias:

16 Comments

  1. Sou favorável que todas as Policiais e Brigadas Militares façam uso obrigatório desse dispositivo, pois coíbe as ilegalidades que poderiam ser praticados por agente públicos, ou seja, pelo Estado contra os cidadãos. O Estado não pode agir com ilegalidade para fazer cumprir a lei.

    Curtir

  2. Em partes concordo mas em outra forma coibe a veracidade da forma das polícias trabalharem quando em abordagem perante a verdadeiros bandidos. Em outra forma fica mais legal a forma de trabalhos com vistas de comprovar um bom trabalho policial. Assim como em outras cidades e Estados e países de nosso globo. Abraço atds do Cardoso.

    Curtir

  3. O uso das micro câmeras nos coletes policiais é positivo sim, contudo, pondero que não devemos descuidar da formação policial. É na base formativa que vamos moldar a conduta do agente de policia. É preciso garantir uma formação humanizada, muitas vezes confundida com afrouxamento de autoridade. Esse, geralmente, é o discurso mais conservador, mais afinado com a praxe da truculência. Assim, duas coisas devem caminhar juntas: a formação cidadã e o apoio de recursos tecnológicos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s